FMI prevê recessão em Angola este ano

O FMI baixou as suas previsões para Angola este ano, passando de um crescimento de 2,2% para uma contracção do PIB em 0,1%

Na actualização das suas previsões para a economia global, expressas no seu “relatório de Outono”, o Fundo Monetário Internacional (FMI) revê em baixa as projecções que faz para a economia angolana. O Fundo passa mesmo  da previsão de um crescimento moderado para um cenário recessivo. Assim, a instituição espera uma contracção do PIB de 0,1% em 2018, face ao crescimento de 2,2% esperado anteriormente. Para 2019, a expectativa é mais optimista, de 3,1% de expansão (2,5% antes). Para o período 2018-23, a média de crescimento é de 2,8% (3,7% antes). A inflação esperada é de 20,4% em 2018 (27,8% antes), e de 15,8% em 2019 (17,1% antes). Por outro lado, há uma perspectiva mais optimista para as contas públicas: défice de
0,8% do PIB este ano (2,0% antes) e de 0,2% em 2019 (2,4% antes).

Artigos relacionados

DESTAQUE OPINIÃO

OS TROCOS MAIS SUJOS QUE A ELITE “DOS SANTOS” DEIXOU PARA ANGOLA

Actualmente falar de Angola no contexto político, económico e social, tornaram-se “cláusulas” cada vez mais desconfortantes atendendo a porção de pancadas a que este povo é submetido constantemente e que no fim do dia não sabe onde mais se segurar, uma vez que a policia não está na rua para oferecer chocolates nem rebuçados!

Ler mais »

© All rights reserved

Made with ❤ by rotasweb.com