Anda à pesca de namoro online? Faça ‘Fishing’

O conceito de ‘fishing’ não é novo, mas o uso crescente de apps de encontros facilitam o processo

‘Fishing’, em português ‘pescar’ consiste em enviar mensagens numa aplicação de encontros amorosos para várias possíveis correspondências, esperar, ver quem morde o anzol e apenas depois decidir por quem optar.
O conceito de ‘fishing’ não é novo, mas o uso crescente de apps de encontros facilitam o processo.
Todavia, a tendência não se manifesta apenas na utilização daquelas aplicações digitais – há quem ‘pesque’ no seu grupo de amigos, entre ex-parceiros amorosos e antigos casos, e simplesmente aguarde para saber quem está disponível para se encontrar.
A saber, uma mensagem típica associada à prática de fishing, é nada mais nada menos do que: ‘O que vais fazer esta noite?’, entre outras. Geralmente, são mensagens não tão descaradas como aquela mítica dica comummente enviada a altas horas da noite ou da madrugada – ‘estás acordado/a?’. E por isso, torna-se, para muitos, difícil de perceber quando estão a ser seduzidos e literalmente ‘pescados’.
Assim que o ‘pescador’ recebe várias mensagens, ele ou ela decide por quem optar, geralmente não respondendo sequer aos indivíduos que ele ou ela rejeitou em favor da sua escolha.
O conceito de ‘fishing’ está intimamente ligado à era da geração millennial, e à tendência de recusa de compromisso, sempre na esperança que surja alguém melhor. Ou seja, o ‘pescador’ não opta pela primeira pessoa que responde à mensagem enviada, espera e vê quem mais mordeu o isco, antes de tomar qualquer decisão.
Porém, há quem argumente que ‘fishing’ não é de todo mau e saliente que a maioria dos indivíduos usa essa mesma técnica quando por exemplo quer ir ao cinema com um amigo, jantar ou apenas passear.
Ainda assim, existem inúmeras formas de apanhar um ‘pescador’ em flagrante. Esteja atento a mensagens genéricas, ou a alguém que o contacte constantemente já à noite e a horas tardias (provavelmente à sexta-feira ou ao sábado), a quem demora muito a responder às mensagens ou que regra geral não mostra qualquer interesse sobre a sua vida.

Artigos relacionados

DESTAQUE OPINIÃO

OS TROCOS MAIS SUJOS QUE A ELITE “DOS SANTOS” DEIXOU PARA ANGOLA

Actualmente falar de Angola no contexto político, económico e social, tornaram-se “cláusulas” cada vez mais desconfortantes atendendo a porção de pancadas a que este povo é submetido constantemente e que no fim do dia não sabe onde mais se segurar, uma vez que a policia não está na rua para oferecer chocolates nem rebuçados!

Ler mais »

© All rights reserved

Made with ❤ by rotasweb.com