Bolsa de Nova Iorque cai com entrada em vigor de tarifas dos EUA e China

A bolsa de Nova Iorque negociava hoje em baixa no início da sessão, numa altura em que entram em vigor as novas tarifas dos Estados Unidos e da China anunciadas na semana passada.

Às 14:50 (hora de Lisboa), o índice Dow Jones descia 0,30% para 26.663,42 pontos e o Nasdaq recuava 0,51% para 7.946,29 pontos.

O índice alargado S&P 500 baixava 0,35% e estava em 2.919,50 pontos.

Na terça-feira, Pequim anunciou que imporia tarifas a exportações norte-americanas no valor de 60.000 milhões de dólares (cerca de 51.000 milhões de euros), em represália às taxas alfandegárias no valor de 200.000 milhões de dólares que os Estados Unidos anunciaram pouco antes que iam aplicar a partir de hoje a bens provenientes da China.

A bolsa nova-iorquina encerrou a sessão de sexta-feira sem um rumo definido, com os investidores a levarem o Dow Jones a um novo recorde, mas também a forçarem o Nasdaq a um recuo, arrastado por títulos emblemáticos do sector.

O Dow Jones subiu 0,32% para 26.743,50 pontos, um nível inédito no fecho, e o Nasdaq recuou 0,51% para 7.986,96 pontos.

Artigos relacionados

DESTAQUE OPINIÃO

OS TROCOS MAIS SUJOS QUE A ELITE “DOS SANTOS” DEIXOU PARA ANGOLA

Actualmente falar de Angola no contexto político, económico e social, tornaram-se “cláusulas” cada vez mais desconfortantes atendendo a porção de pancadas a que este povo é submetido constantemente e que no fim do dia não sabe onde mais se segurar, uma vez que a policia não está na rua para oferecer chocolates nem rebuçados!

Ler mais »

© All rights reserved

Made with ❤ by rotasweb.com