Governo adjudica construção da Refinaria de Cabinda ao United Shine

A construção da Refinaria de Cabinda foi adjudicada ao consórcio United Shine, em parceria com a Sonangol Refinação - Sonaref

A construção da Refinaria de Cabinda, que deverá ter uma capacidade diária de produção de 60 mil barris de petróleo bruto diária, foi adjudicada ao consórcio United Shine, em parceria com a Sonangol Refinação – Sonaref.

Em comunicado a que a agência Lusa teve acesso, a Sonangol, petrolífera estatal angolana, refere que a United Shine tem uma participação de 90% e a Sonaref 10% do respectivo capital social.

A nota, que não refere as empresas que constituem o consórcio United Shine, salienta que a abertura do concurso internacional para a construção da Refinaria de Cabinda e do Lobito arrancou no quarto trimestre de 2017, tendo sido apuradas, na primeira fase, 28 das 68 empresas e consórcios que manifestaram interesse de investimento.

Na segunda fase, foram seleccionadas sete candidatas, que foram submetidas a uma avaliação da sua condição jurídico-legal, competências técnicas e financeiras, realizada por uma “entidade independente e de reconhecida reputação internacional”.

A construção destas refinarias decorre no âmbito da estratégia de desenvolvimento da actividade de refinação de petróleo bruto em Angola.

Artigos relacionados

DESTAQUE OPINIÃO

OS TROCOS MAIS SUJOS QUE A ELITE “DOS SANTOS” DEIXOU PARA ANGOLA

Actualmente falar de Angola no contexto político, económico e social, tornaram-se “cláusulas” cada vez mais desconfortantes atendendo a porção de pancadas a que este povo é submetido constantemente e que no fim do dia não sabe onde mais se segurar, uma vez que a policia não está na rua para oferecer chocolates nem rebuçados!

Ler mais »

© All rights reserved

Made with ❤ by rotasweb.com