Imagem de tomada de posse de Trump foi editada, revela relatório

Trump estaria indignado por ter menos pessoas na sua tomada de posse do que na de Obama.

O fotógrafo contratado pelo governo norte-americano para a cerimónia de tomada de posse de Donald Trump terá editado as imagens do evento para fazer crer que estavam mais pessoas no local.

Segundo um relatório a que o The Guardian teve aceso, Trump terá ficado indignado pela sua plateia ser mais pequena do que a de Barack Obama, em 2009.

Na altura, Trump e o secretário de Estado Sean Spicer ligaram para os serviços do Parque Nacional exigindo fotos melhores. Um dos funcionários do espaço terá entendido que o presidente norte-americano queria que as fotos fossem cortadas, de forma a eliminar os espaços que estavam vazios.

O relatório dá conta de que o fotografo foi obrigado a entregar um conjunto de fotografias, entre elas imagens editadas, e que embora refira que não lhe foi pedido explicitamente que editasse as fotos, este acredita que era isso que o presidente norte-americano queria.

Artigos relacionados

DESTAQUE OPINIÃO

OS TROCOS MAIS SUJOS QUE A ELITE “DOS SANTOS” DEIXOU PARA ANGOLA

Actualmente falar de Angola no contexto político, económico e social, tornaram-se “cláusulas” cada vez mais desconfortantes atendendo a porção de pancadas a que este povo é submetido constantemente e que no fim do dia não sabe onde mais se segurar, uma vez que a policia não está na rua para oferecer chocolates nem rebuçados!

Ler mais »

© All rights reserved

Made with ❤ by rotasweb.com