Índia: mais um emergente a entrar em crise

Os desequilíbrios externos da economia da Índia estão a castigar a moeda indiana, com os investidores estão a desfazer-se dos activos de maior risco

A Índia juntou-se esta semana às economias emergentes em crise, com a rupia a perder 1,3%, a bolsa de Mombai em mínimos desde Março e as obrigações soberanas a recuarem para o nível mais baixo desde 2014.
De acordo com a agência financeira Bloomberg, “a Índia tornou-se no mais recente epicentro do nervosismo que está a varrer os activos com maior risco, sobretudo as bolsas, a rupia — que perdeu 1,3% [para um novo mínimo], e as obrigações”.
Os desequilíbrios externos da economia da Índia estão a castigar a moeda indiana, sendo que os investidores estão a desfazer-se (‘sell-off’) dos activos de maior risco.
As quedas são extensivas à maior parte dos mercados emergentes, caso da Turquia, África do Sul, Brasil e da Argentina.
A Índia apresentou o maior défice externo dos últimos cinco anos (15,8 mil milhões de dólares), o que está a preocupar os investidores que receiam que o nível do défice seja incomportável e que a inflação suba, além de estarem preocupados com o aumento da dívida e da dependência face aos credores externos.
O Governo indiano já pediu ao banco central da Índia para intervir no sentido de estabilizar a moeda, que este ano já se depreciou 11,6% em relação ao dólar.
A agitação nos mercados emergentes, caso da Turquia, África do Sul, Argentina e mesmo da Rússia — em que o rublo tem sido penalizado -, está a deixar os investidores apreensivos, segundo a agência financeira Bloomberg, pois a escalada na guerra comercial entre os Estados Unidos e a China com a aplicação de novas taxas alfandegárias a este país poderá aumentar ainda mais as tensões globais.

Artigos relacionados

DESTAQUE OPINIÃO

OS TROCOS MAIS SUJOS QUE A ELITE “DOS SANTOS” DEIXOU PARA ANGOLA

Actualmente falar de Angola no contexto político, económico e social, tornaram-se “cláusulas” cada vez mais desconfortantes atendendo a porção de pancadas a que este povo é submetido constantemente e que no fim do dia não sabe onde mais se segurar, uma vez que a policia não está na rua para oferecer chocolates nem rebuçados!

Ler mais »

© All rights reserved

Made with ❤ by rotasweb.com