Indicador do Clima Económico moçambicano regista terceira queda

O Indicador do Clima Económico moçambicano registou uma queda em Julho, a terceira consecutiva, anunciou o Instituto Nacional de Estatística (INE) de Moçambique num boletim consultado hoje pela Lusa.

“A confiança empresarial na economia, expressa pelo indicador do clima económico (ICE), continuou negativa pelo terceiro mês consecutivo”, refere-se na publicação.

Segundo o INE, “esta conjuntura desfavorável deveu-se à queda da expectativa de emprego pelo terceiro mês consecutivo, facto contrário as expectativas altas da procura no mesmo período de referência”.

Em média, 28% das empresas inquiridas enfrentaram algum obstáculo à atividade em julho, o que representou uma redução face à situação registada no mês de junho (34%).

Os indicadores de Confiança e de Clima Económico constituem uma publicação mensal sobre a conjuntura económica de Moçambique, compilada com base no inquérito mensal de conjuntura realizado pelo INE às empresas do setor não financeiro.

“O estudo expressa a opinião de agentes económicos acerca da evolução e perspectiva da sua actividade, particularmente sobre emprego, procura, encomendas, preços, produção, vendas e limitações de actividade”, explica o INE.

Artigos relacionados

DESTAQUE OPINIÃO

OS TROCOS MAIS SUJOS QUE A ELITE “DOS SANTOS” DEIXOU PARA ANGOLA

Actualmente falar de Angola no contexto político, económico e social, tornaram-se “cláusulas” cada vez mais desconfortantes atendendo a porção de pancadas a que este povo é submetido constantemente e que no fim do dia não sabe onde mais se segurar, uma vez que a policia não está na rua para oferecer chocolates nem rebuçados!

Ler mais »

© All rights reserved

Made with ❤ by rotasweb.com