Macau em alerta máximo por causa do Tufão ‘Manghkut’

Os Serviços Meteorológicos e Geofísicos (SMG) de Macau hastearam o sinal 10 de tempestade tropical, o máximo na escala de alerta, com a aproximação do tufão Mangkhut

Os Serviços Meteorológicos e Geofísicos (SMG) de Macau hastearam o sinal 10 de tempestade tropical, o máximo na escala de alerta, com a aproximação do tufão Mangkhut. Na manhã de sábado, Mangkhut, considerado pelos SMG um tufão severo, devido a um ligeiro enfraquecimento, encontrava-se a 160 quilómetros de Macau.
É a terceira vez que as autoridades içam o sinal máximo de tempestade tropical em 19 anos.
Manghkut terá passado pelo ponto mais próximo do território, a 70 quilómetros de distância, pelas 11:00 – 03:00 em Luanda.
Perto de seis mil pessoas já foram retiradas de casa, no seguimento do plano de evacuação das zonas baixas da cidade.
Esperam-se inundações graves nas zonas baixas, chuvas fortes e ventos que podem superar os 118 quilómetros por hora.
O centro de operações da Protecção Civil de Macau dá conta de 26 incidentes, entre quedas de árvores, de andaimes e janelas.
Alerta vermelho de “storm surge” (maré de tempestade) em vigor e a subida do nível da água pode atingir 2,5 metros.
O tabuleiro inferior da Ponte Sai Van, a última ligação possível entre a península de Macau e a Taipa, foi encerrado
Casinos fechados
No sábado à noite, o chefe do Executivo agradeceu às seis operadoras de jogo a suspensão do funcionamento dos casinos para assegurar a segurança de trabalhadores e visitantes.
A tempestade tropical, que passou primeiro nas Filipinas, causou 25 mortos nesses país e um em Taiwan, de acordo com o último balanço das autoridades.
Mais de 170 voos foram cancelados entre domingo e segunda-feira, mas a Proteção Civil refere uma “atividade normal” no aeroporto de Macau.
Em agosto do ano passado, O Hato, o pior dos últimos 53 anos a atingir Macau, causou 10 mortos, mais de 240 feridos e prejuízos avaliados em 1,3 mil milhões de euros.
Voos canelados em Hong Kong
Perto de 900 voos foram adiados ou cancelados em Hong Kong por causa do Mangkhut, que se aproxima da costa oeste de Guangdong.
De acordo com o South China Morning Post, pelo menos 543 voos programados para domingo foram cancelados, afetando cerca de 96.000 passageiros.

Artigos relacionados

DESTAQUE OPINIÃO

OS TROCOS MAIS SUJOS QUE A ELITE “DOS SANTOS” DEIXOU PARA ANGOLA

Actualmente falar de Angola no contexto político, económico e social, tornaram-se “cláusulas” cada vez mais desconfortantes atendendo a porção de pancadas a que este povo é submetido constantemente e que no fim do dia não sabe onde mais se segurar, uma vez que a policia não está na rua para oferecer chocolates nem rebuçados!

Ler mais »

© All rights reserved

Made with ❤ by rotasweb.com