Maior editora de revistas do Brasil fecha nove publicações

O Grupo Abril, a maior editora de revistas do Brasil e dona do semanário mais vendido do país, anunciou segunda-feira o fim de nove dos seus 24 títulos, num processo de reestruturação financeira.
“O Grupo Abril informa que, como parte do seu processo de reestruturação, está reformando o portfólio de marcas da editora com o objectivo de garantir sua saúde operacional num ambiente de profundas transformações tecnológicas, cujo impacto está sendo sentido por todo o sector da comunicação”, explicou o grupo editorial em comunicado.
Segundo a Abril, a extinção de vários títulos é necessária para garantir a continuidade do grupo, “dentro de circunstâncias impostas por uma economia e um mercado substancialmente inferiores ao que existia” para o segmento de revistas.
A empresa também disse que vai concentrar os seus esforços nas 15 revistas em que é líder de mercado, como a Veja, que é a revista semanal mais vendida do país.
Entre os títulos que vão parar de circular estão as revistas feminina Elle e a Cosmopolitan, as publicações do segmento de arquitectura Casa Claudia e Minha Casa, e a revista voltada para a área de saúde Boa Forma.
A Abril tem anunciado medidas de cortes desde o ano passado, quando começou a lidar com uma dívida volumosa que chegou a 1,3 mil milhões de reais (cerca de 301,6 milhões de euros) e resultados financeiros negativos contínuos.
A decisão de descontinuar nove publicações aconteceu duas semanas depois de a empresa de reestruturação Alvarez & Marsal ter assumido o comando do Grupo Abril.
No comunicado, a empresa não divulgou o número de pessoas que serão demitidas e apenas agradeceu a “dedicação e profissionalismo” dos “profissionais que trabalharam nos títulos que deixarão de circular”.

Artigos relacionados

DESTAQUE OPINIÃO

OS TROCOS MAIS SUJOS QUE A ELITE “DOS SANTOS” DEIXOU PARA ANGOLA

Actualmente falar de Angola no contexto político, económico e social, tornaram-se “cláusulas” cada vez mais desconfortantes atendendo a porção de pancadas a que este povo é submetido constantemente e que no fim do dia não sabe onde mais se segurar, uma vez que a policia não está na rua para oferecer chocolates nem rebuçados!

Ler mais »

© All rights reserved

Made with ❤ by rotasweb.com