Mercado do futebol: Inglaterra já fechou as contratações

As aquisições e as vendas a envolver mais dinheiro nas principais ligas da Europa

O mercado de transferências em Inglaterra encerrou esta quinta-feira no que toca a contratações dos clubes ingleses, com o Everton, do treinador português Marco Silva, e o Fulham a assumirem o protagonismo.
O emblema da cidade de Liverpool assegurou o reforço mais caro do último dia, ao garantir o central colombiano Yerry Mina (ex-Barcelona) por 30,25 milhões de euros. Também proveniente dos catalães chegou por empréstimo o médio português André Gomes. A terminar, Marco Silva passou também a contar com o internacional brasileiro Bernard, que estava livre depois de terminar o seu contrato com o Shakhtar Donetsk.
O ‘campeão’ do último dia em solo inglês foi o Fulham, ao apresentar um total de cinco ‘reforços’: Andre-Frank Zambo Anguissa (ex-Marselha), Timothy Fosu-Mensah (ex-Manchester United), Luciano Vietto (ex-At. Madrid), Joe Bryan (Bristol City) e Sergio Rico (ex-Sevilha).
Por sua vez, o Manchester United, de José Mourinho, não garantiu mais reforços no último dia, à excepção dos já conhecidos Fred, Lee Grant e Diogo Dalot. Ainda mais insólito foi o caso do Tottenham, que não contratou nem vendeu qualquer jogador nesta janela de transferências.
O Chelsea, entretanto, passou a ser o detentor do guarda-redes mais caro do mundo. Kepa Arrizabalaga pagou ao Athletic de Bilbau a cláusula de rescisão de 80 milhões de euros e mudou-se para Londres, libertando o belga Thibaut Courtois, já apresentado no Real Madrid, num negócio avaliado em 35 milhões de euros.

Os maiores negócios ‘portugueses’
A mudança de Cristiano Ronaldo do Real Madrid para a Juventus foi a transferência surpresa do defeso e gerou rumores de uma eventual mudança também de Lionel Messi.
Em Portugal, o central brasileiro Eder Militão, oriundo do São Paulo, acaba de ser confirmado no FC Porto, por 4 milhões de euros, e o médio Nikola Vukcevic troca o Sporting de Braga pelos espanhóis do Levante, a troco de €9 milhões.
Rafael Leão, um dos jogadores que rescindiu o Sporting por com alegada justa causa, é apresentado no Lille, de França, como jogador livre, à imagem do que sucedeu com Gelson Martins (Atlético de Madrid) e Rui Patrício (Wolverhampton).
Eis as aquisições e as vendas a envolver mais dinheiro nas principais ligas da Europa, de acordo com a página Transfermarkt (em euros):

PORTUGAL

Aquisições
€8 milhões, Chancel Mbemba, para FC Porto do Newcastle (Inglaterra);
€6,85 milhões, Nicolas Castillo, para Benfica de UNAM Pumas (México);
€6,5 milhões, Raphinha, para Sporting de Vitória de Guimarães;
€6 milhões, Majeed Waris, para FC Porto de FC Lorient (França);
€4,5 milhões, Bruno Gaspar, para Sporting de Fiorentina (Itália).

Vendas
€22 milhões, Diogo Dalot, do FC Porto para o Manchester United (Inglaterra);
€22 milhões, Ricardo Pereira, do FC Porto para o Leicester (Inglaterra);
€20 milhões, William Carvalho, do Sporting para o Bétis de Sevilha (Espanha);
€15 milhões, João Carvalho, do Benfica para o Nottingham Forest (Inglaterra);
€12 milhões, Willy Boly, do FC Porto para o Wolverhampton (Inglaterra).

INGLATERRA

Aquisições (inscrições fechadas)
€80 milhões, Kepa Arrizabalaga, para Chelsea do Ath. de Bilbau (Espanha);
€67,8 milhões, Riyad Mahrez, para o Manchester City do Leicester;
€62,5 milhões, Alisson, para o Liverpool da AS Roma (Itália);
€60 milhões, Naby Keita, para o Liverpool do Leipzig (Alemanha);
€59 milhões, Fred, para Manchester United de Shakthar Donstesk (Ucrânia).

Vendas
€67,8 milhões, Riyad Mahrez, do Leicester para o Manchester City;
€39,2 milhões, Richarlison, do Watford para o Everton;
€35 milhões, Courtois, do Chelsea para o Real Madrid;
€25 milhões, James Maddison, do Norwich para o Leicester;
€20,2 milhões, Aleksandar Mirovic, do Newcastle para o Fulham.

ALEMANHA

Aquisições
€28 milhões, Abdou Diallo, para o Borussia de Dortmund do Mainz ;
€23 milhões, Alassane Pléa, para o B. M’Gladbach do Nice;
€20 milhões, Alex Witsel, para B. Dortmund de Tiajin Quanjian (China);
€20 milhões, Thomas Delaney, para B. Dortmund do Werder Bremen;
€18,5 milhões, Paulinho, para B. Leverkusen do Vasco da Gama (Brasil).

Vendas
€60 milhões, Naby Keïta, do Leipzig para o Liverpool (Inglaterra);
€40 milhões, Douglas Costa, do Bayern de Munique para a Juventus (Itália);
€29 milhões, Anthony Modeste, do Colónia para o TJ Quanjian (China);
€28 milhões, Abdou Diallo, do Mainz para o Borussia de Dortmund;
€25 milhões, Bernd Leno, do B. Leverkusen para o Arsenal (Inglaterra).

ESPANHA

Aquisições
€70 milhões, Thomas Lemar, para At. Madrid de AS Mónaco (França);
€45 milhões, Vinícius Júnior, para Real Madrid de Flamengo (Brasil);
€41 milhões, Malcolm, para Barcelona de Bordéus (França);
€35,9 milhões, Clément Lenglet, para o Barcelona do Sevilla;
€35 milhões, Courtois, para Real Madrid de Chelsea (Inglaterra).

Vendas
€110 milhões, Cristiano Ronaldo, do Real Madrid para a Juventus (Itália);
€80 milhões, Kepa Arrizabalaga, do Athletic de Bilbau para o Chelsea (Inglaterra);
€40 milhões, João Cancelo, do Valência para a Juventus (Itália);
€35,9 milhões, Clément Lenglet, do Sevilla para o Barcelona;
€30 milhões, Álvaro Odriozola, do Real Sociedad para o real Madrid;
€30 milhões, Fabián Ruiz, do Bétis de Sevilha para o Nápoles (Itália).

ITÁLIA

Aquisições
€110 milhões, Cristiano Ronaldo para a Juventus do Real Madrid (Espanha);
€40,4 milhões, João Cancelo, para a Juventus do Valência (Espanha);
€40 milhões, Douglas Costa, para Juventus de Bayern de Munique (Alemanha);
€38 milhões, Radja Nainggolan, para o Inter de Milão da AS Roma;
€35 milhões, Leonardo Bonucci, para a Juventus do AC Milan;
€35 milhões, Mattia Caldara, para o AC Milan da Juventus;

Vendas
€62,5 milhões, Alisson, de AS Roma para o Liverpool (Inglaterra);
€57 milhões, Jorginho, de Nápoles para o Chelsea (Inglaterra);
€38 milhões, Felipe Anderson, de Lazio para West Ham (Inglaterra);
€38 milhões, Radja Nainggolan, de AS Roma para o Inter de Milão (Itália);
€35 milhões, Leonardo Bonucci, do AC Milan para a Juventus;
€35 milhões, Mattia Caldara, da Juventus para o AC Milan;

FRANÇA

Aquisições
€135 milhões, Kyllian Mbappé, para Paris Saint-Germain de AS Mónaco;
€30 milhões, Aleksandr Golovin, para o AS Mónaco do CSKA Moscovo (Rússia);
€20 milhões, Willem Geubbels, para AS Mónaco de Ol. Lyon;
€19 milhões, Duje Caleta-Car, para Marselha de RB Salzburgo (Áustria);
€14 milhões, Jean-Eudes Aholou, para AS Mónaco de R. Strasbourg.

Vendas
€135 milhões, Kyllian Mbappé, de AS Mónaco para o Paris Saint-Germain;
€70 milhões, Thomas Lemar, de AS Mónaco para Atlético de Madrid (Espanha);
€45 milhões, Fabinho, de AS Mónaco para Liverpool (Inglaterra);
€41 milhões, Malcolm, de Bordéus para o Barcelona (Espanha);
€30 milhões, Jean Michaël Seri, de Nice para o Fulham (Inglaterra);

Artigos relacionados

DESTAQUE OPINIÃO

OS TROCOS MAIS SUJOS QUE A ELITE “DOS SANTOS” DEIXOU PARA ANGOLA

Actualmente falar de Angola no contexto político, económico e social, tornaram-se “cláusulas” cada vez mais desconfortantes atendendo a porção de pancadas a que este povo é submetido constantemente e que no fim do dia não sabe onde mais se segurar, uma vez que a policia não está na rua para oferecer chocolates nem rebuçados!

Ler mais »

© All rights reserved

Made with ❤ by rotasweb.com