Portuguesa Mimosa desmarca-se de falsificações angolanas

A Lactogal/Mimosa garante exportar nas devidas condições

A Lactogal, empresa portuguesa de lacticínios e detentora da marca de leite Mimosa, emitiu hoje um comunicado em que garante exportar os seus produtos “nas devidas condições de segurança e higiene”, lembrando que não possui qualquer estrutura em Angola.

Na passada semana a AADIC divulgou uma lista de produtos que se encontram a ser comercializados em Luanda, nomeadamente a marca Mimosa, adiantando ter detectado falsificações das datas de fabrico e prazo de validade.

No comunicado, a empresa portuguesa apela às autoridades angolanas que tirem rapidamente os produtos falsificados do mercado, adiantando estar em causa a vida de milhares de cidadão que poderão ter consumido aqueles produtos.

“A Lactogal é completamente alheia a esta tentativa de fraude de alteração de validades dos seus produtos. A empresa produz e exporta os mesmos nas devidas condições de segurança e higiene, a partir de Portugal, não tendo qualquer tipo de estrutura em Angola’, refere a nota. A empresa acentua que “os produtos são importados por entidades identificadas e revendidos também por superfícies comerciais de confiança, sendo depois revendidos de forma informal e, portanto, completamente fora do controlo da empresa”, acrescenta a explicação da Lactogal.

Além da Mimosa a empresa portuguesa comercializa ainda outras marcas conhecidas como a Agros e a Matinal (leite) e Castelões (queijo).

 

A lista da AADIC

Leite Mimosa

Papas Maizena Nestlé

Cereais Estrelitas

Energética Redbull

Feijão Tio Lucas

Milho doce Candi

Óleo Cozinheiro Tempero

Ketchup Nham Nham

Manteigas Pastora, Puro Sabor e Soya

Sumo Bongo

Cogumelos Anna

Caldo de carne Maggi

Fraldas Pampers

 

Artigos relacionados

DESTAQUE OPINIÃO

OS TROCOS MAIS SUJOS QUE A ELITE “DOS SANTOS” DEIXOU PARA ANGOLA

Actualmente falar de Angola no contexto político, económico e social, tornaram-se “cláusulas” cada vez mais desconfortantes atendendo a porção de pancadas a que este povo é submetido constantemente e que no fim do dia não sabe onde mais se segurar, uma vez que a policia não está na rua para oferecer chocolates nem rebuçados!

Ler mais »

© All rights reserved

Made with ❤ by rotasweb.com