O seu companheiro está pronto para conhecer os seus irmãos?

Damos-lhe seis passos que o confirmam.

É uma situação diferente de apresentar o seu namorado ou namorada aos seus amigos. Pode sentir-se nervoso ou pouco confiante para dar este passo, que deve ser vista, todavia, de forma bastante positiva, ou seja, como um primeiro passo (ou ‘teste’) antes de apresentar o seu companheiro aos seus pais, bem como toda a restante família.

Calyton Olson é coach relacional há mais de 15 anos e vê o passo de apresentar o companheiro aos irmãos como o primeiro passo para o apresentar aos pais. A pressão é menor, e a forma como se vê a relação é também diferente. Por exemplo, os seus pais podem lhe perguntar ‘onde é que isto vai dar?’, uma difícil questão à qual talvez ainda não tenha resposta, por ainda estar a conhecer o seu novo companheiro. Já um irmão, irá perguntar ‘Ele(a) trata-te bem?’, se sim, então está tudo bem e o ‘vamos ver no que vai dar’ é um argumento bastante aceite.

Para saber se está no momento certo para este passo, Olson aponta sete aspetos que, se se confirmarem, indicam que sim, está na altura de apresenta-lo aos seus irmãos:

O seu parceiro pergunta pelos seus irmãos: Se pergunta por eles, é porque tem curiosidade e interesse em conhecê-los, o que é bastante positivo, já que este momento não deve ser forçado mas uma vontade de ambos os membros do casal;

Você quer que aconteça:Não só o seu parceiro, mas você próprio deve-se sentir à  vontade e com interesse em que tal aconteça

São honestos um com o outro:antes de haver confiança e uma forte sensação de à vontade, não vale a pena pensar em passos seguintes.

Já passaram pelo menos um fim de semana fora: Passar uns dias fora de casa, só os dois, é um ‘teste’ essencial para um casal, por ser um momento em que ambos estão fora da sua zona de conforto. Se depois desse fim de semana não tem dúvidas, então sim, deve pensar em apresentar tal pessoa aos seus irmãos

Ele menciona os seus irmãos:Se o seu parceiro também tem irmãos e tais pessoas são relevantes na sua vida, é bem possível que também ele lhe queira apresentar aos seus. Porque não fazer tudo na mesma altura? Mas em momentos separados.

O seu parceiro e os seus irmãos partilham interesses:A relação só pode dar certo. Não se preocupe sobre o que os seus irmãos irão pensar sobre o seu parceiro, se há semelhanças, avance.

Artigos relacionados

DESTAQUE OPINIÃO

OS TROCOS MAIS SUJOS QUE A ELITE “DOS SANTOS” DEIXOU PARA ANGOLA

Actualmente falar de Angola no contexto político, económico e social, tornaram-se “cláusulas” cada vez mais desconfortantes atendendo a porção de pancadas a que este povo é submetido constantemente e que no fim do dia não sabe onde mais se segurar, uma vez que a policia não está na rua para oferecer chocolates nem rebuçados!

Ler mais »

© All rights reserved

Made with ❤ by rotasweb.com