Piloto detido em Londres com taxa de álcool nove vezes superior ao limite

O piloto, de nacionalidade japonesa, estava a 50 minutos de embarcar num voo para Tóquio.

Um piloto japonês foi detido antes de embarcar, em Londres, no aeroporto de Heathrow, por ter uma taxa de alcoolemia nove vezes superior ao limite legal para pilotos de aviação comercial.

Jitsukawa, de 42 anos, trabalhava para a companhia aérea Japan Airlines. Acabou por ser apanhado no passado dia 28 de Outubro depois de obrigado a soprar ao balão.

A estação de televisão japonesa NHK indicou que a polícia foi alertada por um funcionário do aeroporto que sentiu um intenso cheiro a álcool vindo do piloto. O teste, diz a BBC, revelou que o homem tinha 189mg de álcool por 100ml de sangue, sendo que o limite para um piloto é de 20mg.

Katsutoshi foi chamado para ser submetido ao teste de alcoolemia quando faltavam 50 minutos para a hora prevista de descolagem. Esta quinta-feira foi presente a tribunal e declarou-se culpado.

O voo em causa, com destino a Tóquio, acabou por seguir com mais de uma hora de atraso e, naturalmente, com outro piloto.

Artigos relacionados

DESTAQUE OPINIÃO

OS TROCOS MAIS SUJOS QUE A ELITE “DOS SANTOS” DEIXOU PARA ANGOLA

Actualmente falar de Angola no contexto político, económico e social, tornaram-se “cláusulas” cada vez mais desconfortantes atendendo a porção de pancadas a que este povo é submetido constantemente e que no fim do dia não sabe onde mais se segurar, uma vez que a policia não está na rua para oferecer chocolates nem rebuçados!

Ler mais »

© All rights reserved

Made with ❤ by rotasweb.com