Polémica na África do Sul após obra com Mandela a fazer saudação nazi

O polémico artista sul-africano Ayanda Mabulu está a ser fortemente contestado na África do Sul por ter exposto uma obra em que retrata Nelson Mandela a fazer a saudação nazi com uma suástica de fundo.

Segundo os media locais, Ayanda Mabulu escreveu uma frase ofensiva sob o retrato do antigo presidente da África do Sul e levou a obra para a Feira de Arte que se realizou entre sexta-feira e domingo em Joanesburgo.

De acordo com o portal de notícias Times Live, não se previa que Mabulu exibisse a sua obra na feira, tendo o retrato controverso de Mandela sido retirado em duas ocasiões, num único dia.

A Fundação Mandela qualificou a criação de Mabulu como “profundamente ofensiva”, argumentando que a sua visão do Prémio Nobel da Paz, em 1993, “ultrapassa qualquer limite razoável”, pelo que pondera agir contra o artista.

Os utilizadores das redes sociais da África do Sul reagiram com indignação ao trabalho do artista.

A África do Sul celebrou em Julho de 2018 o centenário do nascimento de Nelson Mandela, que morreu em 5 de Dezembro de 2013, aos 95 anos, depois de uma vida dedicada à luta contra a discriminação racial e contra as injustiças sobre a população negra.

Artigos relacionados

DESTAQUE OPINIÃO

OS TROCOS MAIS SUJOS QUE A ELITE “DOS SANTOS” DEIXOU PARA ANGOLA

Actualmente falar de Angola no contexto político, económico e social, tornaram-se “cláusulas” cada vez mais desconfortantes atendendo a porção de pancadas a que este povo é submetido constantemente e que no fim do dia não sabe onde mais se segurar, uma vez que a policia não está na rua para oferecer chocolates nem rebuçados!

Ler mais »

© All rights reserved

Made with ❤ by rotasweb.com