Preço do petróleo aumenta à medida que furacão se aproxima dos EUA

O furacão Florence, de categoria 4, está a ameaçar a costa este dos EUA, onde há produção de petróleo.

Os preços do petróleo estão a disparar à boleia do furacão Florence, que está a ameaçar a costa este dos EUA e, por isso, locais onde existem plataformas de produção de petróleo. A expectativa de que a tempestade tenha impacto sobre as reservas norte-americanas e, por consequência, na oferta da matéria-prima está a fazer disparar o preço desde o início da semana.

Há momentos, os futuros do crude WTI, que são negociados em Nova Iorque, avançavam 0,5% para 69,62 dólares, ao passo que o barril do Brent, negociado em Londres, subia 0,1% para 79,13 dólares, aproximando-se do patamar dos 80 dólares, de acordo com dados do Investing.com.

Apesar de tudo, de acordo com a agência Reuters, não se prevê que a produção de petróleo norte-americana seja afectada pelo furacão, tendo em conta a rota actual da tempestade, que deverá afectar a costa leste dos EUA na sexta-feira.

Ao invés disso, revela a agência, o aumento dos preços verificado principalmente na terça-feira esteve relacionado com a queda semanal das reservas de petróleo norte-americanas, reportadas pelo American Petroleum Institute (API). Os dados oficiais serão, no entanto, conhecidos hoje.

Os preços são também afectados pelas sanções ao Irão anunciadas pelo presidente dos EUA, Donald Trump.

Artigos relacionados

DESTAQUE OPINIÃO

OS TROCOS MAIS SUJOS QUE A ELITE “DOS SANTOS” DEIXOU PARA ANGOLA

Actualmente falar de Angola no contexto político, económico e social, tornaram-se “cláusulas” cada vez mais desconfortantes atendendo a porção de pancadas a que este povo é submetido constantemente e que no fim do dia não sabe onde mais se segurar, uma vez que a policia não está na rua para oferecer chocolates nem rebuçados!

Ler mais »

© All rights reserved

Made with ❤ by rotasweb.com