PSI20 em terreno negativo com praticamente todas as ações no vermelho

A bolsa de Lisboa segue hoje em terreno negativo, mantendo a tendência da abertura, com praticamente todas as acções negativas e os títulos da Galp e da Jerónimo Martins a pressionarem as negociações.

Pelas 09:00 (hora de Lisboa), o índice português de referência, o PSI20, seguia a recuar 0,57% para 5.337,58 pontos, com 17 acções negativas e uma positiva, a Ibersol que avançava 0,65% para 9,28 euros.

A Altri e a Pharol eram as empresas que mais desciam, com quedas de 2,66% para 7,68 euros e 2,11% para 0,1858 euros.

A pressionar seguiam as ações da Galp Energia, que recuavam 1,03% para 17,295 euros, e as da Jerónimo Martins, que perdiam 0,86% para 12,685 euros.

As ações do BCP seguiam também em queda de 0,64% para 0,2486 euros e as da EDP recuavam 0,42% para 3,316 euros.

Lisboa acompanhava a tendência das principais bolsas europeias, que estavam hoje em baixa, à exceção de Milão, afectadas pelas incertezas e tensões comerciais entre os EUA, o Canadá e a China.

É esperada a divulgação de indicadores económicos na zona euro, como as vendas a retalho, em Julho, e o índice da Markit para os serviços.

O departamento do Comércio nos EUA divulga também hoje os dados da balança comercial da maior economia do mundo em Julho.

Os investidores estão também atentos à situação financeira da Argentina.

O petróleo Brent, de referência na Europa, seguia em baixa para os 77,80 dólares na abertura e o euro subia até aos 1,1593 dólares.

Artigos relacionados

DESTAQUE OPINIÃO

OS TROCOS MAIS SUJOS QUE A ELITE “DOS SANTOS” DEIXOU PARA ANGOLA

Actualmente falar de Angola no contexto político, económico e social, tornaram-se “cláusulas” cada vez mais desconfortantes atendendo a porção de pancadas a que este povo é submetido constantemente e que no fim do dia não sabe onde mais se segurar, uma vez que a policia não está na rua para oferecer chocolates nem rebuçados!

Ler mais »

© All rights reserved

Made with ❤ by rotasweb.com