Russos desconfiam que buraco na Estação Espacial Internacional é sabotagem

Investigadores da agência espacial russa não descartam a possibilidade de o buraco encontrado na Estação Espacial Internacional ter sido um acto de sabotagem

A NASA revelou na semana passada a existência de um buraco que estava a originar perdas de pressão na Estação Espacial Internacional. Devido ao tamanho diminuto e por ter sido reparado rapidamente, os astronautas não estariam em perigo. O buraco mede dois milímetros e está localizado na secção superior da cápsula Soyuz, numa parte que não regressa à Terra e, como tal, não afectará as missões espaciais.
Agora, investigadores da Roscosmos, a agência espacial russa, afirmam que a hipótese de se ter tratado de um acto de sabotagem cometido ainda em Terra não está posta de parte. Dmitry Rogozin, da Roscosmos, afirma que «houve várias tentativas de perfuração». O especialista também não descarta a hipótese de o buraco poder ter sido feito por um astronauta, no espaço.

A primeira explicação que surgiu, na semana passada, era de que o buraco teria sido causado por um MMOD, de micro meteoróide, ou por alguma colisão orbital fortuita. Depois, os investigadores avançaram que poderia ser também um defeito de construção. Agora, a terceira alternativa, levantada por cientistas russos, é de que estejamos perante um acto de sabotagem, sem que sejam conhecidas as reais intenções do eventual sabotador.

Artigos relacionados

DESTAQUE OPINIÃO

OS TROCOS MAIS SUJOS QUE A ELITE “DOS SANTOS” DEIXOU PARA ANGOLA

Actualmente falar de Angola no contexto político, económico e social, tornaram-se “cláusulas” cada vez mais desconfortantes atendendo a porção de pancadas a que este povo é submetido constantemente e que no fim do dia não sabe onde mais se segurar, uma vez que a policia não está na rua para oferecer chocolates nem rebuçados!

Ler mais »

© All rights reserved

Made with ❤ by rotasweb.com