Sanções ao Irão dominam semana no mercado petrolífero

O preço do petróleo deve continuar a subir face aos problemas que novas sanções ao Irão colocarão à oferta da matéria-prima

Com o preço do barril  de Brent acima de 78 dólares, já tendo atingido mesmo, na última semana, 80 dólares, algum impensável há não muito tempo, a semana começa com as atenções todas  concentradas no Irão. As sanções que os Estados Unidos pretendem reintroduzir condicionarão a oferta da matéria-prima, e é nesta  questão que se irão focar os investidores.

As sanções ao Irão, que poderão ser retomadas a partir de Novembro, decorrem do abandono,  pelo Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, do acordo nuclear com o Irão celebrado pelas potências ocidentais e Teerão no início deste ano.

O Irão é actualmente o terceiro maior exportador da Organização dos Países Exportadores  de Petróleo (OPEP), colocando no mercado cerca de 2,5 milhões de barris por dia, o que corresponde a cerca de 2,5% do consumo global de crude.

Artigos relacionados

DESTAQUE OPINIÃO

OS TROCOS MAIS SUJOS QUE A ELITE “DOS SANTOS” DEIXOU PARA ANGOLA

Actualmente falar de Angola no contexto político, económico e social, tornaram-se “cláusulas” cada vez mais desconfortantes atendendo a porção de pancadas a que este povo é submetido constantemente e que no fim do dia não sabe onde mais se segurar, uma vez que a policia não está na rua para oferecer chocolates nem rebuçados!

Ler mais »

© All rights reserved

Made with ❤ by rotasweb.com