São Tomé/Eleições: Polícia de choque obriga manifestantes a recuar

Militantes do MLSTP-PSD manifestaram-se quanto a uma alegada recontagem de votos numa assembleia eleitoral

A Polícia de Defesa do Estado de São Tomé e Príncipe interveio esta noite na capital são-tomense, fazendo recuar uma multidão de manifestantes que protestavam contra a recontagem de votos na comissão eleitoral distrital, após as eleições de domingo.

Centenas de simpatizantes do Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe – Partido Social Democrata (MLSTP-PSD, segundo partido mais votado nas legislativas de domingo) concentravam-se desde cerca das 16h00 em frente à comissão eleitoral distrital de Água Grande, contestando uma alegada recontagem de votos das eleições da véspera, que diziam ser contrária à lei.

Os militantes do MLSTP diziam recear que os votos sejam alterados.

Artigos relacionados

DESTAQUE OPINIÃO

OS TROCOS MAIS SUJOS QUE A ELITE “DOS SANTOS” DEIXOU PARA ANGOLA

Actualmente falar de Angola no contexto político, económico e social, tornaram-se “cláusulas” cada vez mais desconfortantes atendendo a porção de pancadas a que este povo é submetido constantemente e que no fim do dia não sabe onde mais se segurar, uma vez que a policia não está na rua para oferecer chocolates nem rebuçados!

Ler mais »

© All rights reserved

Made with ❤ by rotasweb.com