Serviços de Imprensa reduzidos até Dezembro

A partir do próximo ano, Angola vai contar apenas com 22 postos de imprensa nas embaixadas do país em todo o mundo, distribuídos em dez para a Europa, dois para a América, um para a Ásia e nove para África.


De acordo com o director nacional de Informação do Ministério da Comunicação Social, Rui Vasco, o processo de encerramento, que arrancou em 2014, termina em Dezembro próximo. Angola chegou a ter 58 serviços de imprensa em todo o mundo. Em África, de acordo com Rui Vasco, serão mantidos os serviços de imprensa nas embaixadas na África do Sul, República Democrática do Congo, Egipto, Nigéria, Etiópia, Quénia, Zâmbia, Costa do Marfim e Namíbia.

“A Europa vai ter serviços de imprensa nas representações em Portugal, França, Espanha, Rússia, Reino Unido, Genebra (escritórios da Organização das Nações Unidas), Itália, Alemanha, Turquia e Bélgica”, disse.

Rui Vasco explicou que o continente americano vai contar apenas com dois serviços de imprensa, um nos Estados da América, em Washington, e outro no Brasil. Na Ásia, o serviço de imprensa vai funcionar apenas na República Popular da China.

Artigos relacionados

DESTAQUE OPINIÃO

OS TROCOS MAIS SUJOS QUE A ELITE “DOS SANTOS” DEIXOU PARA ANGOLA

Actualmente falar de Angola no contexto político, económico e social, tornaram-se “cláusulas” cada vez mais desconfortantes atendendo a porção de pancadas a que este povo é submetido constantemente e que no fim do dia não sabe onde mais se segurar, uma vez que a policia não está na rua para oferecer chocolates nem rebuçados!

Ler mais »

© All rights reserved

Made with ❤ by rotasweb.com