Suíça investiga ataque informático a agência mundial antidoping

Procuradores suíços tentam descortinar se ataque teve origem russa.

As autoridades suíças estão a investigar um ataque cibernético que teve como alvo a agência mundial antidoping (WADA, na sigla em inglês).
Adianta a Reuters que procuradores suíços estão à procura de estabelecer se agentes russos terão estado envolvidos neste caso.

A investigação foi lançada já em Março de 2017 e trouxe recentemente novidades, com as autoridades a confirmarem que identificaram duas pessoas.

A imprensa suíça adianta entre tanto que tanto dirigentes da WADA como do Comité Olímpico Internacional (cuja sede é em Lausanne, na Suíça) terão sido alvos neste ataque.

A embaixada russa em Berna reagiu caracterizando o caso como um “conto de fadas” que surge após uma recomendação de um comité da WADA que propõe  fim da suspensão da agência antidopagem russa.

Recorde-se que o Comité Olímpico Internacional sancionou durante os últimos anos vários atletas russos e a própria agência antidopagem russa por falhas.

Artigos relacionados

DESTAQUE OPINIÃO

OS TROCOS MAIS SUJOS QUE A ELITE “DOS SANTOS” DEIXOU PARA ANGOLA

Actualmente falar de Angola no contexto político, económico e social, tornaram-se “cláusulas” cada vez mais desconfortantes atendendo a porção de pancadas a que este povo é submetido constantemente e que no fim do dia não sabe onde mais se segurar, uma vez que a policia não está na rua para oferecer chocolates nem rebuçados!

Ler mais »

© All rights reserved

Made with ❤ by rotasweb.com