Obras Públicas e Construção deixaram 30 mil milhões por justificar

Os extintos ministérios das Obras Públicas e Construção não justificaram, entre 2007 e 2014, despesas de até 30.000 milhões de kwanzas